quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Lembrança negativa

Dia desses, sem nenhum motivo em especial, eu lembrei algo relacionado à minha postagem de 28 de agosto de 2009, cujo título era "Riscos de Bondagette (sexo anal)". Não vou repetir aqui a experiência que eu descrevi lá, mas num desses dias chuvosos que têm encharcado minha cidade, me veio à lembrança algo que eu não postei na ocasião por puro esquecimento, talvez provocado pelo adiantado da hora, já que eu costumo atualizar o blog somente à noite.

Depois de ter sofrido aquele verdadeiro estupro anal enquanto estava em bondage, e após meu parceiro ter me soltado, eu fiquei prostrada na cama, exausta e sem um pingo de energia. Antes de adverti-lo com relação a ele nunca mais me fazer aquilo novamente, eu lembrei que cheguei a formular a ele duas perguntas retóricas: " satisfeito?", "sentiu tesão em me fazer sofrer?". Porque no fundo tudo se resumiu a um prazer sádico e unilateral. Alguém poderia me contestar, dizendo que o bondage também é uma forma de prazer unilateral, mas estou certa de que eu nunca fiz ninguém sofrer com minhas "práticas peculiares".

Que ninguém pense, no entanto, que essa minha recordação tem algum toque de rancor, longe disso. É claro que na ocasião eu perguntei aquelas coisas com raiva, mas como eu não fico remoendo sentimentos negativos, hoje em dia eu encaro a experiência como "riscos de bondagette", nada mais. Acho que meu pensamento saltimbanco fez com que minhas lembranças fossem de um lado a outro e, no fim das contas, acredito que estava mesmo pensando nele e não em qualquer experiência negativa que eu tive com ele. Se eu lembrei daquelas perguntas, foi por mero acaso, fruto de um dia chuvoso. Mas eu continuo acreditando na essência delas.

Nenhum comentário: