quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Pomba Gira


Pelo teor dos meus pensamentos nas últimas semanas, acho que estou com a Pomba Gira no couro. É a única explicação que eu tenho a respeito, e a mais metafísica. Dessa forma, só tenho três alternativas: ou eu encontro tempo para praticar selfbondage, ou meu namorado volta logo das férias, ou vou ter que encontrar um terreiro de Umbanda para fazer uma sessão de descarrego, para afastar a entidade do meu cangote. O que não dá é para eu ficar mantendo essas idéias lascivas todos os dias. Laroiê, Maria Padilha!

Nenhum comentário: